Major do CPO Serrano faz o uso da Tribuna Livre na Câmara

Na 23ª Sessão Ordinária da Câmara Municipal, a Major Marinete Félix Cordeiro, Comandante da 2ª Companhia Independente da Polícia Militar – Comando de Polícia Ostensiva Serrano, CPO Serrano, fez o uso da Tribuna Livre para tratar sobre a união das instituições públicas no combate à criminalidade, os papeis das principais instituições perante a segurança pública, a desestruturação das famílias e dos valores morais na sociedade atual e as ações que já estão sendo realizadas pela polícia militar para tentar diminuir os casos de danos ao patrimônio e homicídios na região. Após a sua fala, os Vereadores realizaram os seus questionamentos e ponderações, os quais foram respondidos pela Major ao final da Sessão.

A Major explicou que é dever do Estado, dentre outras obrigações, garantir a segurança da população, porém ela não deve ser tratada unicamente como assunto de polícia, senão correremos o risco de ficar eternamente tentando remediar as consequências sem nunca atacarmos as causas do problema. “A segurança da população depende, entre outras coisas, dos valores e princípios morais que a sociedade preserva, da estruturação da família, da educação familiar que as crianças devem receber desde cedo. Educação essa que deverá ser reforçada nas escolas, igrejas e demais ambientes coletivos”, afirmou a Major Félix.

Ela ainda explicou quais os papeis que cada instituição deve prestar para garantir uma sociedade mais segura e justa para todos, reforçando o papel da educação e da participação familiar no processo, ressaltando que o direito de um termina onde começa o do outro.

Ao final da Sessão, a Major respondeu os questionamentos dos Edis, como a importância das câmeras que serão instaladas nas ruas da cidade, essenciais para realizar um trabalho preventivo e na ajuda para elucidar crimes. Inclusive, o sistema que será implantado aqui já está sendo copiado em outros municípios. A previsão é até outubro para a inserção das câmeras.

Outro ponto abordado foi a violência contra a mulher. A Major explicou que a situação é extremamente delicada, visto que a vítima, muitas vezes, não faz a denúncia na primeira agressão e o fato do agressor ser alguém que goza de sua confiança.  No início de 2019, Venda Nova teve um aumento exponencial de registro de violência doméstica, para ilustrar: em maio de 2018, tiveram apenas dois casos registrados, e, em 2019, esse número subiu para 20. Major Félix explicou que isso era devido às palestras realizadas para conscientizar e orientar as mulheres.

A Major finalizou as suas ponderações explicando a importância da estrutura familiar na educação das crianças e jovens, visto que é a educação inicial, fundamental para criar, desde pequeno, os valores morais tão necessários para a base da nossa sociedade.

 

Assessoria de Comunicação Câmara Municipal Venda Nova do Imigrante

Data de Publicação: segunda-feira, 01 de julho de 2019

ACOMPANHE A CÂMARA

Endereço:
Av. Evandi Américo Comarella, nº 385 - 4º andar
Venda Nova do Imigrante – ES - CEP: 29375-000


Telefone:
(28)3546-0074
E-mail:
camaravni@camaravni.es.gov.br

Horário de Funcionamento: Segunda a sexta-feira, das 12:00h às 18:00h

Dia e Horário das Sessões Plenárias:
Todas as terças-feiras 19:00h