Vereadores acompanham obras públicas

Pelo menos uma vez por semana, o vereador Alberto Falqueto- PDT visita as obras mais importantes que estão sob a responsabilidade da Prefeitura Municipal. Terça-feira. Também participaram do roteiro de visitas os vereadores Valdir Dias- PP, Cloves de Souza- PSB e Luiz Brambila- PP.

 

As visitas da última semana incluíram a Escola do Alto Caxixe, o Posto de Saúde de Vargem Grande e as obras de ampliação da Escola Liberal Zandonadi, no bairro Vila Betânea, Sede de Venda Nova.  Falqueto explica que há um ano tomou esta iniciativa, depois de observar que a obra do prédio anexo ao Hospital Padre Máximo apresentava defeitos e ainda alguns itens de acabamento com material de qualidade inferior.

 

A iniciativa do vereador já surtiu resultado prático. Sem citar o nome da empreiteira e nem a obra, ele conta já ter conseguido a substituição de materiais que não condiziam com a planilha. "Já houve caso em que 12 torneiras foram trocadas. O contrato exigia uma marca que custava R$ 130,00 no mercado e outra, pelo menos 500% mais barata, estava sendo usada".

 

Com o memorial descritivo, o vereador confere se o material condiz com o pré-estabelecido no contrato. "Neste documento estão denominadas as marcas, o traço da massa (proporção da mistura da areia, cimento e outros componentes), bitolas das ferragens, tipo da madeiras das esquadrias, grau de resistência do piso, entre outras especificações".

 

Independente dos recursos serem municipais, do Estado ou da União, as obras são licitadas pela Prefeitura e nem sempre as empreiteiras vencedoras cumprem na íntegra o que está na planilha. As obras são acompanhadas em diferentes fases. Além da preocupação com a qualidade do material usado, o que é coberto pelo acabamento também é observado, como a tubulação hidráulica e a instalação elétrica.

 

Concorrência

Tanto empresas locais como de outros municípios participam e saem vencedoras das licitações feitas pela Prefeitura, responsável pela execução de obras com recursos próprios ou repassados pelo Estado e União. "Muitas vezes, as empresas não estão comprometidas com o município e os defeitos das obras só aparecem bem depois de executadas", conclui Falqueto.

 

Das três obras em andamento, a que está mais afinada com a planilha e os prazos é a executada por uma empresa vendanovense. Esta e outras informações estarão em um relatório a ser entregue ao Setor de Obras da Prefeitura.

 

Mesmo sem concluir o relatório, o vereador já tirou algumas conclusões. A Escola do Alto Caxixe, a maior de todas, é a que melhor corresponde aos prazos, planilha e memorial descritivo. Já a de Vargem Grande tem problemas com a qualidade do material enquanto a ampliação da Escola Liberal Zandonadi está muito atrasada.

 

Saiba mais:  

Escola do Caxixe-  São 1.757,78 m2 de obra, com previsão de conclusão no final de julho. A execução está sob a responsabilidade de uma empresa de Venda Nova. Está dentro do prazo e com o nível de qualidade correspondente com a planilha e memorial descritivo,

 

Posto de Saúde de Vargem Grande- São 367,24 m2, com previsão de conclusão. A obra está dentro do prazo, mas a qualidade de alguns itens do material usado não corresponde ao memorial descritivo.

 

Escola Liberal Zandonadi-  Com 843,60 m2 (mais reformas), está com o prazo estourado e o vereador acredita que dificilmente será entregue em no meio do ano, conforme previsto inicialmente. Ele procurou a empreiteira, que alegou estar concluindo uma obra no município vizinho de Conceição do Castelo e, em breve, deslocará toda mão-de-obra para esta em Venda Nova.

Data de Publicação: terça-feira, 06 de março de 2007

ACOMPANHE A CÂMARA

Endereço:
Av. Evandi Américo Comarella, nº 385 - 4º andar
Venda Nova do Imigrante – ES - CEP: 29375-000


Telefone:
(28)3546-0074
E-mail:
camaravni@camaravni.es.gov.br

Horário de Funcionamento: Segunda a sexta-feira, das 12:00h às 18:00h

Dia e Horário das Sessões Plenárias:
Todas as terças-feiras 19:00h