Câmara de vereadores aprova, por unanimidade, projeto de lei que institui o Dia do Evangélico Vendanovense

08 de novembro de 2023 às 14h48.

A Câmara de Vereadores de Venda Nova do Imigrante aprovou, por unanimidade, na sessão da última terça-feira (7), o Projeto de Lei (PL) 93/2023, que institui o Dia do Evangélico Vendanovense. A data, escolhida por meio de reuniões com dirigentes das igrejas, será no primeiro sábado do mês de dezembro. Trata-se de um dia comemorativo e não implica em feriado no calendário municipal. A proposta é de autoria da vereadora Aldi Caliman (Cidadania), do presidente da Casa, Erivelto Uliana (Republicanos), e dos vereadores Marcio Lopes (Cidadania) e Marco Torres (SD).
 
Um dos autores do projeto, vereador Marco Torres (SD), ressaltou a importância da data, agradeceu aos demais por acatarem o pedido de urgência e explicou que a medida foi tomada para que se tivesse tempo hábil para uma comemoração já no próximo dia 2 de dezembro, primeiro sábado do mês.
 
“As igrejas evangélicas não apenas cuidam do espírito e da fé. Elas vão além. São tantas e tantas igrejas fazendo o bem não apenas na parte espiritual, mas na parte física, com ações sociais, doação de medicamentos, alimentos e ajuda aos necessitados. A aprovação do projeto é um grande passo para que, no primeiro sábado de dezembro, esses feitos sejam comemorados. Tenho certeza de que Venda Nova vai ganhar muito com isso. Falo até mesmo em termos de comércio e hotelaria, pois vamos nos organizar, crescer e fazer eventos grandiosos”.

A vereadora Sidineia Dias (Cidadania) deu voto favorável à aprovação. “A religião Evangélica é uma crescente e acredito que um dia específico, além de comemorativo, servirá para pensarmos em nosso papel enquanto sociedade. A igreja não cuida só das dores da alma, mas também tem um papel importante na ajuda social. Espero ver o Polentão ou outra área seja palco de artistas evangélicos com shows gospel para abrilhantar mais o dia”, pontuou.
 
O vereador Marcio Lopes (Cidadania), que também assinou a autoria proposta, enfatizou a importância da data. “Não será feriado, mas um dia para festejar. Tivemos muito cuidado na elaboração, tivemos duas reuniões com membros das igrejas para escolher o nome e a data. Queremos fazer um movimento na cidade, pois o mundo precisa de muita oração. Os evangélicos são salvadores de almas, salvadores de homens. Então, agradeço ao Marco Torres por iniciar o processo junto ao presidente da Casa”, disse.
 
Na explicação pessoal, o vereador Francisco Foletto (PSB) parabenizou as igrejas evangélicas e salientou a importância da união e do serviço ao próximo. “Nós vivemos no Brasil e olhamos lá fora, onde o mal e o ódio proliferam. Vivemos um momento mundial triste, com atentados. É muito bonito ver que cada um de nós escolheu uma religião para pratica, fazer o bem, amar ao próximo e levar a palavra de Deus. Cada um entende Deus de uma forma, interpreta as Escrituras de uma forma. Mas, no fim, afunilamos nossas energias para fazer o bem ao próximo. Fico muito feliz quando vejo as igrejas saindo dos templos e fazendo um serviço social”, disse.
 
O vereador Luiz Ricardo Bozzi Pimenta de Sousa (PP) falou da importância de todos em prol do bem comum. “Parabenizo todos os integrantes das igrejas do município. Quando falamos em Evangelho é um movimento genérico. Não é da Batista ou Católica, mas de união entre as igrejas. Como vi com relação à luta contra o aborto. Todas as igrejas tem o mesmo pensamento. É um momento de dialogarmos juntos, ver que todas as igrejas podem trabalhar juntas. É um grande projeto É válido e eficaz, por isso minha votação foi a favor e entendi o regime de urgência, porque a data está próxima”, explicou.
 
A vereadora Aldi Caliman (Cidadania) também foi uma das autoras, felicitou os Evangélicos e parabenizou a proposta. “Estou muito feliz com o Dia do Evangélico. O que seria do Brasil sem os pastores evangélicos? Eu vejo a coragem deles em defender o Brasil, a família, os valores e os princípios. Hoje, muitos religiosos têm a mesma coragem. A união de Michele, da Igreja Batista, e Bolsonaro, da Igreja Católica, contribuiu para essa mudança e vamos vencer. Vamos conseguir inverter essa situação muito ruim que o Brasil passa hoje”, enfatizou.
 
O vereador Amilton Pacheco (PSDB) também elogiou a iniciativa. “Parabéns pelo Dia do Evangélico. O projeto foi colocado em regime de urgência. Hoje é dia 7, daí com o prazo para sanção ou não do Executivo, talvez não daria tempo de comemorar ainda este ano. Por isso regime de urgência. Mas não tem problema. Parabenizo a todos pelo trabalho na igreja, lembrando que quem está na igreja está mais perto de Deus”, disse.

Acompanhe a Câmara

Receba novidades por e-mail ou siga nossas redes sociais

  • Ícone do Youtube
  • Ícone do Facebook
  • Ícone do Instagram
  • Ícone do Twitter

Atendimento ao Público

De segunda à sexta, das 12h às 18h

Telefone

(28) 3546-1149

WhatsApp
(28) 99946-1818

Sessões Plenárias

Todas as terças-feiras 19h

Endereço

Av. Evandi Américo Comarella, nº 385 - 4º andar - Esplanada - Venda Nova do Imigrante – ES - CEP: 29375-000

Localização

Copyright © Câmara Municipal de Venda Nova do Imigrante. Todos os direitos reservados.

Logo da

Política de Privacidade

Utilizamos cookies essenciais e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com as condições contidas nela.